Sobre Fotógrafo de Casamentos e Ensaio de casal. Paulo Frota - Niterói - RJ

Sobre

Paulo Frota

Fala ae, td blz? Aqui é o Paulo Frota!

Conheci a fotografia por acaso, não fazia idéia do realmente era ser fotógrafo, muito menos o que era fotografar. Na real, não sabia nem que câmera trocava lente, não sabia de nada mesmo!

A idéia de poder sempre estar em festas legais e se divertindo era muito tentadora e ainda ser remunerado por isso me estimulou a aprender fotografar.

Até então, eu achava que o fotógrafo só tinha que mirar e apertar o botão! SQN!

Convenci a minha mãe a me emprestar uma grana para comprar uma câmera , uma lente, um flash e cartão de memória. Grana essa que depois virou presente, “Se for para trabalho, eu te icentivo me filho” Disse ela!

Parti para fazer o curso básico de fotografia na Sociedade Fluminense de Fotografia em 2009.

Eu que sempre tinha ido muito mal na maioria dos estudos escolares, achei uma parada que eu era muito bom. Quando o curso começou eu já estava fotografando a mt tempo. Eu que sempre gostei de descobrir e aprender sozinho, já tinha futucado a câmera toda. Na altura do campeonato, descobri que estava certo. O fotógrafo só tem que apertar o botão para fazer a foto. O problema qual maldito botão??? A miserável da câmera tinha uns 10 botões diferentes e mais umas 10 configurações diferentes para cada botão!

Sai do curso achando que já estava apto para fotografar qualquer coisa, afinal já tinha o básico né! Comecei a fotografar amigos e festas pequenas. Quanto mais fotografava, mais ficava perdido! Até que uma hora engatou, e comecei a acertar pelo menos o foco .

O trabalho foi melhorando, mas sinceramente não era ainda o que eu queria.

Em 2011 eu estava tendo pouco trabalho e comecei a me questionar pq. Depois de pesquisar na internet por vários e vários dias, descobri uma linguagem fotográfica que me despertou o que eu não via: A minha foto era ruim pacas!

Parti para os estudos novamente, uma nova linguagem, novo jeito de fotografar… ai sim… estava virando fotógrafo! O orgulho de cada imagem que começará a produzir motivava mais e mais. Fui ao meu primeiro congresso de fotografia de casamentos em 2013 em SP onde conheci uma galera mt foda e dali sai por conta, doido para fazer novas fotos.

Comecei a ver o que realmente importava na minha fotografia. Os valores de amor, família e arte me encantavam e eu precisava colocar isso nas fotos. Por isso escolhi ser fotógrafo de casamento!

Desenvolvi com o passar dos anos um jeito de trabalhar e fazer as minhas fotos. Um jeito que os casais possam se ver nas fotos como são e não como se fossem dois modelos. Afinal a vida real não é toda montada.

Fico muito feliz toda vez que termino um ensaio de casal e eles falam: "Muito obrigado, adoramos ! “ ai eu falo: “mas vcs nem viram as fotos ainda, e se eu errei tudo"? Hahaha

Ali eu entendo o que realmente importa são os momentos vividos. A experiência fotográfica foi já tão boa que nem precisava ver as fotos, eles foram eles do jeito que são! Sem mimimi, sem fake…

Fotografando desde 2009, conheci uma galera muito maneira nesse ramo e uns muito zé ruela. Os pangarés que lasquem, fiz amizade com os caras maneiros e esses transformei em amigos para a vida! Inclusive essa fotos ai de cima foi um presente de um amigo que a fotografia me deu. Daniel Muniz! Obrigado irmão!

Venho fotografando casais e novas famílias à anos. Cada costume, cada família, cada nova cultura que aprendo, faz com que eu queira mais. A Fotografia me mostrou um mundo que as pessoas se amam e querem construir a vida juntos. Onde o amor fala alto e a família é importante. Isso motiva a gente fazer o nosso melhor, não é?

Venho aplicando minhas idéias para ajudar as pessoas a terem fotos incríveis com amor diversão e arte.

Vamos ae?

Abraços do seu amigo

Paulo Frota